por Andréia Martins


A Realejo Livros & Edições, em Santos (SP), é uma das paradas obrigatórias para quem gosta de livros. O dono do local é o livreiro santista José Luiz Tahan, também idealizador da Tarrafa Literária, que acontece anualmente na cidade e é um dos principais eventos literários do Estado de São Paulo.

A Realejo, uma das principais livrarias de rua de Santos (Reprodução Facebook)
A Realejo, uma das principais livrarias de rua de Santos (Reprodução Facebook)

Tahan abriu a livraria em 2001, ainda no campus da Unisantos. Dois anos depois, em 2003, ela se mudou para o Gonzaga, onde está hoje, a poucas quadras da praia e na esquina da praça da Independência, mantendo o charme das livrarias de rua.

Ali você pode tomar um café, ler uma revista, se perder entre livros, conversar com um escritor em uma ou outra sessão de autógrafos e ouvir um som quando alguém estiver tocando por ali, nas mesinhas da calçada.

O livreiro santista José Luiz Tahan
O livreiro santista José Luiz Tahan

O mais curioso é que Tahan começou o negócio meio que sem querer. “Comecei com as minhas pernas. Saí caminhando em busca de um emprego para ajudar a pagar uma faculdade de arquitetura que queria cursar e a livraria foi uma das buscas. Sempre gostei de ler e desenhar, achei que seria uma boa ideia”, conta ele.

Hoje a livraria é também editora, uma ideia que apareceu no meio do caminho. “Comecei a ter mais opinião sobre os livros que vendia, e a entender que existem muitas oportunidades no nosso mercado. Não aguentei apenas vender livros e comecei a editar em 2006”, diz o livreiro.

Entre o acervo, ele  destaca alguns bons livros, como Um, nenhum e cem mil, do Pirandello; As crônicas do Paulo Mendes Campos; Amor sem fim, de Ian McEwan – que o livreiro considera um  “incrível romance” -, Divórcio em Buda, do Sandor Marai, e o Chalaça, do santista José Roberto Torero.

Tahan deu algumas dicas de livrarias e sebos que você que está em Santos ou que planeja dar um pulinho lá deve conhecer.

 

Livraria Martins Fontes

A livraria Martins Fontes, com seus mais de 50 anos de história, nasceu aqui em Santos e sua matriz está firme e forte, no mesmo ponto desde 1998, depois de ter mudado de endereço para ficar ainda maior. Sua vitrine é generosa e o seu estoque é bem atualizado.
  • Endereço:  Av. Dona Ana Costa, 530 – Gonzaga
A fachada da livraria que tem dois andares :)
A fachada da livraria que tem dois andares 🙂

Sebo Disqueria

O sebo Disqueria fica no Boqueirão, próximo à praia. Como muitos sebos guarda surpresas para os visitantes, recentemente perdeu seu dono e criador, o DJ Wagner Parra, uma pena os leitores ou apaixonados por boa música não poderem conhecer o Parra, que entregava aos amigos a placa “Proibida a entrada de pessoas estranhas”, a quem ele achava. Uma grande perda. Mas tudo bem, visitem e deem um abraço na Cláudia *(mulher do Parra) por mim.
  • Endereço: Loja 3 e 4 – Av. Conselheiro Nébias, 850 – Boqueirão
O sebo Disqueria, com discos e livros
O sebo Disqueria, com discos e livros

Banca do Brizolinha

A Banca do Brizolinha fica na rua Bahia, no Gonzaga. Abre depois do almoço, o Brizola não é de ferro, e por ali o leitor encontra antes de tudo um bom papo e alguns achados pelos seus incríveis cinco metros quadrados. Legal notar que qualquer obra que você comentar o Brizola tem opinião. Craque esse Brizola, viu?

Sebo Capítulo Primeiro

O sebo Capítulo Primeiro fica o primeiro andar de um prédio comercial também no Gonzaga, esquina com a Praça Independência. Um dos donos, o César, costuma pitar o seu cigarro enquanto lê obras de história ou comenta sobre as oscilações da bolsa de valores, seu emprego anterior ao de livreiro. Se você cair nas graças dele se prepare: um lorde inglês o receberá de braços abertos, caso contrário a indiferença o fará do livreiro gelará suas juntas.
  • Endereço: Avenida Marechal Floriano Peixoto, 4, 1º – Gonzaga