por Andréia Martins, em Montevidéu


VISITADOPor mais charmosa que Montevidéu seja, não dá para dizer que os café são o forte da capital uruguaia. Pelo menos foi essa a impressão que tive ao visitar a cidade. Não é que não existam bons bares e cafés por lá, mas apenas que é preciso procurar um pouco mais para encontrá-los.

De olho nos cenários usados e frequentados pelo autor uruguaio Mario Benedetti (1920-2009), listamos quatro bares e/ou cafés que aparecem e alguns dos livros do autor e que ainda estão abertos na cidade.

Benedetti é um dos principais nomes da literatura uruguaia. Escreveu poemas, contos, romances e ensaios. É um dos nomes de destaques da Geração 45, o mais importante movimento literário do país no século 20, no qual despontaram nomes como Idea Vilariño, Juan Carlos Onetti, entre outros. Abaixo, veja os locais:

O ESCRITOR URUGUAIO MARIO BENEDETTI
O ESCRITOR URUGUAIO MARIO BENEDETTI

CAFÉ SAN RAFAEL

O café está localizado na rua San Jose, a uma quadra da avenida 18 de Julio (e do outro lado da livraria Puro Verso, ponto de parada obrigatório para o leitor na cidade). Era frequentado por Benedetti quando ele morava com a mulher em um apartamento na Zelmar Michelini (rua que faz esquina com o café). O local serve ótimos pratos a um preço (e tamanho) honesto. Para homenagear o frequentador assíduo, o bar colocou em um dos vidros um verso de Benedetti.

TRECHO DO POEMA DE BENEDETTI NO BAR SAN RAFAEL
TRECHO DO POEMA DE BENEDETTI NO BAR SAN RAFAEL
O BAR SAN RAFAEL
O BAR SAN RAFAEL
  • Endereço: San Jose, 1193 – Centro
  • Abre de segunda a sábado, das 7h à 1h, e domingo até meia-noite

BIG MAMMA

O bar costumava se chamar Café Sorocabana. Ali, Benedetti escreveu boa parte do livro A Trégua. Lançado em 1960, é um dos principais livros do autor e foi publicado por mais de uma editora no Brasil. Escrito no formato de diário pessoal e repleto de ironia, retrata a vida inócua e sem perspectivas dos grandes centros urbanos, bem como a luta perdida contra a solidão e a passagem do tempo.

No segundo piso do bar uma surpresa para o visitante: as paredes estão decoradas com uma série de retratos de Benedetti. Já o menu inclui massas, carnes e lanches, ou seja, pratos para todos os gostos.

FOTOS DE BENEDETTI EXPOSTAS NO BIG MAMMA
FOTOS DE BENEDETTI EXPOSTAS NO BIG MAMMA
O BAR BIG MAMMA
O BAR BIG MAMMA
  • Endereço: 25 de Mayo, 485 – Cidade Velha
  • Abre de segunda a sexta, das 9h às 18h

CAFÉ LAS MISIONES

Do Big Mamma, dando alguns passos para trás você chega ao café Las Misiones, que aparece no romance A Trégua. A fachada verde com cerâmica majólica dá um charme ao local, que fica em um edifício de 1907, onde funcionava uma farmácia. O bar teve seu auge nas décadas de 1960 e 1970, quando a cidade, inclusive, tinha muito mais cafés de esquina o que hoje. Mas o local segue sendo um dos clássicos do bairro e é conhecido pela culinária mediterrânea.

O SALÃO DO CAFÉ LAS MISIONES
O SALÃO DO CAFÉ LAS MISIONES
FACHADA DO CAFÉ LAS MISIONES
FACHADA DO CAFÉ LAS MISIONES
  • Endereço:25 de Mayo, 449 – Cidade Velha
  • Abre de segunda a Sexta, das 7h às 18h

BAR SPORTMAN

O bar localizado em uma das principais avenidas da cidade é cenário da história do livro  El cumpleaños de Juan Ángel (em português, algo como O Aniversário de Juan Ángel). O livro, publicado pela primeira vez em 1971, narra a história de Osvaldo Puente, protagonista que vai se transformando ao longo do tempo, mudando seu pensamento e até se tornar o revolucionário Juan Ángel.

Este foi o único bar que não vistamos. Mas pelo que apuramos, embora sirva diferentes pratos (carnes, lanches e massas), a pizza (com a tradicional faina, adereço uruguaio que você não pode deixar de experimentar) é o que mais recebe elogios no local.

  • Endereço: Av. 18 de Julio 1803 – Córdon
  • Todos os dias, das 8h à 00h